quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Educar as crianças com o coração

A educação das crianças e a sua felicidade depende dos pais e educadores.
Estes são fundamentais para a criança, com importância para a sua vida emocional presente e futura.
Apresentam-se algumas regras básicas para a educação da criança, que podem ser seguidas e praticadas por pais e educadores.

Responda-lhe, não a instrua.
Proteja-a, não a cubra.
Ajude-a, não a substitua.
Abrigue-a, não a esconda.
Ame-a, não a idolatre.
Acompanhe-a, não a leve.
Mostre-lhe o perigo, não a atemorize.
Inclua-a, não a isole.
Alimente as suas esperanças, não as descarte nem desiluda.
Não exija que seja a melhor, peça para ser boa e dê o exemplo.
Não mime demasiado, rodeie-a de exemplos de amor.
Não a mande estudar, prepare-lhe um bom clima de estudo.
Não construa um castelo para ela, vivam todos com naturalidade.
Não a ensine a ser, seja você como quer que ela seja.
Não lhe dedique a vida, vivam todos cada um a sua.
Lembre-se que o seu filho não o escuta, ele olha para si como exemplo.

2 comentários:

Jose Manuel Barbosa disse...

obrigado pelo texto... tomei a liberdade de o guardar.

Jonas disse...

Direitos de Criança

Tu tens direito, ó pequenino Ser,
A ser feliz, com toda a segurança;
De sorrir, de brincar e de crescer,
Em bairro pobre ou berço de abastança!

E se a Humanidade quer viver
Em clima de paz, de confiança,
Terá que se esforçar por não esquecer
Que do Futuro és afinal a Esperança.

Por interesses vorazes ou mesquinhos,
Quantas vezes te roubam os carinhos
De que careces p’ra poderes voar;

Atrofiando assim o teu destino
E fazendo de ti, pobre menino,
A cera que ficou por modelar!